Alerj aprova Medalha Tiradentes a influenciadores de direita


Atleta Maurício Souza e jornalista Luís Ernesto Lacombe receberão homenagens propostas pelo deputado Filippe Poubel


O plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, nesta terça-feira (28/06), homenagens a dois influenciadores e defensores de pautas conservadoras. O ex-jogador de vôlei Maurício Souza e o jornalista Luís Ernesto Lacombe receberão a Medalha Tiradentes. A maior honraria do parlamento fluminense foi proposta pelo deputado estadual Filippe Poubel (PL).


Campeão olímpico em 2016, Maurício deixou o vôlei em outubro do ano passado, após ser demitido do Minas Tênis Clube. A saída dele da equipe aconteceu após o atleta postar a imagem do novo Super-Homem, que se assumiu bissexual, beijando outro homem. Na ocasião, o atleta fez comentários críticos sobre a assunto. Diante da repercussão, patrocinadores pressionaram pela demissão dele. Filiado ao Partido Liberal, mesma sigla do presidente Jair Bolsonaro, Maurício deve ser candidato a deputado federal por Minas Gerais.


Luís Ernesto Lacombe iniciou a carreira eu 1988, e tem passagens pelas principais emissoras de tv do país, atualmente na Rede TV, além de ser autor de quatro livros. Desde a eleição do presidente Jair Bolsonaro, Lacombe vem se posicionando publicamente favorável a pautas conservadoras como a defesa da família, liberdade de expressão, e defendido opiniões polêmicas como o direito de não tomar vacina contra a Covid-19.




“O Maurício e o Lacombe são profissionais de excelência que não se intimidam com críticas, sempre defendem seus valores e pensamentos. Por toda contribuição que dão ao direito constitucional da liberdade de opinião, são merecedores da maior homenagem da Alerj”, destaca o deputado estadual Filippe Poubel.

0 visualização0 comentário