Atendente baleado por cliente recebe alta

Mateus Carvalho, de 21 anos, perdeu um dos rins e está usando uma bolsa de colostomia


Via Jornal O Dia


Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, atendente do McDonald’s que foi baleado por um militar do Corpo de Bombeiros no último dia 9, no bairro da Taquara, Zona Oeste, teve alta hospitalar na tarde desta quarta-feira (18). O rapaz inicialmente havia sido levado para o CTI do Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas dias depois foi transferido para o Hospital Marcos Moraes, no Méier. O jovem perdeu um dos rins e está usando uma bolsa de colostomia.


De acordo com sua tia Marcela Costa, de 39 anos, a transferência só foi possível porque o jovem tem plano de saúde fornecido pela empresa.


"Ele teve alta hoje e está em casa. O Mateus está melhorando. Levamos ele para o Méier porque ele tem plano. A empresa ofereceu quando eles assinaram o contrato. Agora ele só precisa descansar. Amanhã nós conversaremos sobre tudo o que aconteceu", disse.

Na segunda-feira (16) a vítima prestou depoimento à Polícia Civil. Um dos médicos que atendeu o jovem disse que o disparo causou uma lesão em sua coluna, mas que ele irá recuperar os movimentos da perna aos poucos.


Já na terça-feira (17), o delegado Ângelo Lages, da 32ªDP (Taquara), que acompanha o caso, afirmou que irá pedir para os peritos do Instituto Médico Legal (IML) analisarem o relatório feito por médicos responsáveis pelo atendimento de Mateus. A intenção de Ângelo é mensurar a gravidade dos ferimentos sofridos pela vítima.


De acordo com as primeira informações, o resultado será incluído no inquérito policial que apura o crime e poderá ser decisivo na elaboração do relatório final do caso. Dependendo da conclusão dos peritos, o sargento poderá ser indiciado por tentativa de homicídio qualificado (quando se tem a intenção de matar por um motivo específico). A previsão é a de que o documento fique pronto em até três semanas.

0 visualização0 comentário