Deputada Alana Passos aciona MP para impedir aumento na tarifa dos trens em 2022

Nesta semana, a Supervia anunciou que a tarifa vai aumentar de R$ 5 para R$ 7.

Foto: Divulgação/Alerj

Para tentar barrar o aumento de 40% nas passagens dos trens do Rio de Janeiro em 2022, a deputada estadual Alana Passos (PSL) acionou o Ministério Público, nesta quinta-feira (10), pedindo providências para cancelar o reajuste previsto para fevereiro do ano que vem. Nesta semana, a Supervia anunciou que a tarifa vai aumentar de R$ 5 para R$ 7.


Na denúncia apresentada à Justiça, a parlamentar argumenta que reajustar tarifas com base no Índice Geral de Preços – IGP-M irá comprometer ainda mais o aumento de desemprego e o fechamento de empresas.


“Esse aumento é muito significativo para o trabalhador e certamente vai impactar nos bolsos de todos os usuários do serviço. Ainda estamos nos recuperando dos efeitos econômicos da pandemia, entendemos que a Supervia também foi afetada, mas não podemos deixar que o cidadão seja ainda mais prejudicado”, defende Alana Passos.

No documento enviado ao MP, a deputada lembra ainda que, com a passagem dos trens tão acima da tarifa dos ônibus, é provável que haja uma migração de passageiros para o modal mais barato em diversos municípios, provocando mais aglomerações.

“Com a diferença dos preços entre trem e ônibus, vai aumentar as aglomerações e confinamentos nos ônibus municipais, sobrecarregando a malha rodoviária”, acrescenta Alana Passos.

0 visualização0 comentário