'Me sinto feliz e orgulhoso comigo mesmo', diz Bolsonaro sobre indulto a Daniel Silveira

Em discurso durante evento de entrega de títulos de terra no Pará, o presidente da República falou sobre o indulto concedido ao deputado federal condenado pelo STF.

Via g1


O presidente da República Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta quarta-feira (28) que se sente "feliz e orgulhoso" sobre o indulto concedido ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado à prisão pelo Supremo Tribunal Federal por atos antidemocráticos.


Ele já havia comentado o assunto na quarta-feira (27), durante evento político de apoio ao deputado.


"Me senti feliz, e orgulhoso comigo mesmo com a decisão tomada", pronunciou.


A medida, tomada um dia após a condenação do deputado a 8 anos e 9 meses de prisão por ataques a ministros do Supremo e a instituições, acirrou a crise entre o Executivo e o Judiciário.


A fala do presidente foi durante discurso em evento de entrega de títulos de terra em Paragominas, no sudoeste do Pará. A prefeitura da cidade decretou ponto facultativo em razão da visita presidencial.


Visita ao Pará


Pré-candidato à reeleição, Bolsonaro incluiu Paragominas na série de municípios que, recentemente, tem visitado pelo país para a entrega de títulos fundiários.


Ele chegou no aeroporto da cidade às 9h50 e foi recebido por apoiadores, antes de seguir até o Parque de Exposições da cidade, onde ocorre o evento.


Autoridades paraenses participam da programação, incluindo o pré-candidato ao governo do Estado, senador Zequinha Marinho (PL), que também fazia parte da comitiva com saída de Brasília (DF).


O presidente chegou acompanhado do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, e do presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do (Incra), Geraldo Melo Filho.


Antes das 10h, já muitas pessoas já estavam no centro de exposições, esperando a chegada da comitiva presidencial. Segundo a prefeitura de Paragominas, comitivas de Rondon do Pará, Ulianópolis, Dom Eliseu e Santa Maria do Pará foram para a cidade acompanhar a visita presidencial que ocorre pela primeira vez em Paragominas.


Em março deste ano, o presidente esteve rapidamente em São Geraldo do Araguaia, no Pará, quando visitou Tocantins e as obras de uma ponte entre o estado e o Pará. Em agosto do ano passado ele esteve m Ananindeua, na região metropolitana de Belém, em um evento religioso.

0 visualização0 comentário