Mulher é presa por furto de energia em casa de luxo na Barra da Tijuca

Residência deixava de registrar cerca de 2.000Kwh/mês

Foto: Divulgação

Via O Globo


Uma moradora de uma casa de luxo na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, foi presa em flagrante por furto de energia, na tarde desta segunda-feira, por policiais da Delegacia de Defesa de Serviços Delegados (DDSD).


Segundo a concessionária Light, a residência tinha um desvio de energia, ligação ilegal que fazia com que o consumo total da casa não fosse registrado pelo medidor. A fraude, confirmada por perito do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), levava a residência a deixar de registrar cerca de 2.000Kwh/mês, o que equivale a aproximadamente R$ 2.400 em contas de energia, segundo estimativas da Light.


Light intensifica ações de combate ao furto


A Light vem realizando grandes operações de combate ao furto de energia. No último dia 15, cerca de 400 profissionais participaram de ação que inspecionou 347 estabelecimentos comerciais e residenciais e identificou 80 irregularidades no consumo de energia, em Bangu.


No dia 23, em ação semelhante realizada em Realengo, a concessionária identificou 350 irregularidades, e o responsável por um restaurante foi preso em flagrante por furto de energia. Na ocasião, 1.590 estabelecimentos comerciais e residenciais foram visitados e 158 negociações de débito foram efetivadas.

0 visualização0 comentário