Polícia já tem retrato falado de suspeito de estupro na Sapucaí

Estudante Ingrid Munk, de 25 anos, afirma ter sido abordada no recuo da bateria durante o desfile das campeãs

Via Jornal O Dia


A Polícia Civil já elaborou um retrato falado do suspeito de ter estuprado a jovem Ingrid Munk, de 25 anos, na Marquês de Sapucaí, durante o desfile das campeãs, no madrugada do dia 1º deste mês. Leonardo Pessoa, advogado que representa a vítima, vai comparecer nesta segunda-feira à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), no Centro do Rio. As informações são da TV Globo.


Segundo Ingrid, ela acompanhava o fim do desfile da Grande Rio, o agressor a teria puxado para um corredor pouco movimentado, que fica embaixo das estruturas da arquibancada, e começou a forçar relações sexuais. A Polícia Civil investiga o crime e o retrato falado do suspeito já foi feito pela vítima.

Continua após a publicidade


"Ele me imprensou contra as grades do corredor. Sempre usando força. Passou a mão nas minhas partes íntimas. Querendo me beijar à força e se preparava para continuar. Ele só parou porque eu comecei a gritar. Gritei tanto que algumas pessoas ouviram e quando elas começaram a se aproximar, por medo, ele me soltou", lembrou Ingrid em entrevista a O DIA.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo