Traficantes matam irmão de agente da PRF

Um dos raptados foi confundido com policial por possuir porte de arma. Polícias realizam operação em busca de assassinos

Foto: Reprodução

Via Jornal O Dia


O irmão de um agente da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e um amigo, que estavam em uma festa próximo ao Complexo da Mangueirinha, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foram raptados e mortos por traficantes, na tarde deste domingo, dia 10. As polícias civil, federal e militar realizaram uma operação para tentar resgatar os dois, mas seus corpos foram encontrados carbonizados.


De acordo com as primeiras informações, traficantes foram informados de que policiais estariam em uma festa que era realizada perto da comunidade, no Corte 8. Ao entrarem no local, revistaram os frequentadores e encontraram o irmão de um agente da PRF, que estava armado pois possui porte de arma como atirador. Somente pelo fato de suspeitarem de que ele seria um policial, ele foi levado com um outro homem para dentro da favela. Os dois foram torturados e mortos no chamado micro-ondas, quando os corpos são colocados em pneus e queimados.



Assim que foram avisados do rapto, as polícias mobilizaram uma operação. A Core (Coordenadoria de Recursos Especiais), unidade especial da Polícia Civil, foi acionada, com apoio aéreo. Vídeos postados nas redes sociais mostraram troca de tiros entre os criminosos e os agentes que foram até o local. Em um dos vídeos, uma extensa cortina de fumaça preta aparece no topo do morro, local onde os corpos foram encontrados.


A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) assumiu a ocorrência e a operação continua pela busca dos assassinos. As identidades das vítimas ainda não foram divulgadas.

0 visualização0 comentário