União Brasil sinaliza que vai deixar terceira via

Há uma aposta de candidatura solo do deputado Luciano Bivar (PE), que é presidente da legenda.

Foto: Reprodução/Twitter

Via Ana Flor (g1)


Em reunião dos partidos que buscam uma candidatura presidencial única da chamada terceira via, o União Brasil sinalizou nesta terça-feira (26) que vai deixar as negociações, apostando em uma candidatura solo do deputado Luciano Bivar (PE), que é presidente da legenda.


Entre os presentes na reunião desta terça estavam Bruno Araújo, presidente do PSDB, Baleia Rossi, presidente do MDB, e Antonio Rueda, vice-presidente do União Brasil.


A saída do União Brasil das discussões de uma chapa presidencial única com MDB, PSDB e Cidadania é um duro golpe para quem trabalha por uma opção conjunta das legendas contra a polarização entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

Bivar, visto inicialmente com um possível vice para a chapa das três legendas, agora quer ser candidato à Presidência, segundo relatos ao blog tanto do União Brasil como daqueles que negociam pelo MDB e PSDB.


A importância do União Brasil no grupo é grande, pelos palanques locais e recursos do partido.


Na reunião marcada na terça para que os dirigentes dos partidos discutissem critérios para a definição dos candidatos, ficou claro para os integrantes que há um incômodo com o nome de João Doria (PSDB) para encabeçar a chapa.


“Hoje a possibilidade está mais para três candidatos separados do que uma candidatura única”, desabafou ao blog uma fonte que acompanha de perto as negociações.
0 visualização0 comentário