Vila Militar proíbe manifestações políticas

Bandeiras do Brasil em janelas em apoio a Jair Bolsonaro e o uso de camisas do presidente não estão sendo proibidos, segundo militares

Via Guilherme Amado (Metrópoles)


A Vila Militar do Rio de Janeiro, que funciona como um grande condomínio das Forças Armadas, publicou em sua página no Facebook, no último sábado (30/4), proibição de qualquer manifestação política nas instalações do complexo de moradia.


O post da associação dos moradores da Vila Militar relembra a aproximação das eleições e as regras estabelecidas dentro do condomínio.


“Com a aproximação das Eleições no mês de outubro do corrente ano (2022), lembro aos nossos associados, permissionários convidados, que é terminantemente proibido qualquer tipo de manifestação político-partidária nas instalações da ALSSVM. Conforme prevê nosso estatuto interno.”



Alguns militares, contudo, disseram à coluna que bandeiras do Brasil em apoio a Jair Bolsonaro nas janelas e o uso de camisas do presidente não estão sendo proibidos. Segundo esses militares, no domingo, 1º de maio, um dia após o lembrete da associação de moradores, grupos deixaram a Vila Militar com bandeiras do Brasil e se destinaram às manifestações a favor de Bolsonaro.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo