Deputada da Baixada pode ser escolhida para vice de Cláudio Castro

União Brasil negocia aliança com governador, que é pré-candidato à reeleição

Foto: Divulgação

A deputada federal Daniela do Waguinho (MDB) pode ser escolhida como candidata a vice do governador Cláudio Castro (PL) na eleição deste ano. As informações são da colunista Berenice Seara, do jornal Extra.


Atualmente no MDB, a deputada deve migrar para o União Brasil, novo partido que será criado a partir da fusão do Democratas com o Partido Social Liberal (PSL). A nova legenda, inclusive, será presidida no Rio por Wagner Carneiro, o Waguinho, marido de Daniela.


Segundo Waguinho, o próprio governador Castro manifestou o desejo de ter um vice indicado pelo União Brasil.


“Daniela tem todo o perfil para ser a vice. É uma deputada atuante, é mulher e da Baixada Fluminense”, afirmou.


Ainda segundo o presidente do União Brasil, durante almoço com Cláudio Castro na última terça-feira (15), o governador firmou o compromisso de nomear todos os indicados pela legenda no primeiro dia após o fim da janela partidária.


A decisão seria uma saída para uma pressão feita pelo partido, que ameaça deixar a base do governo caso as nomeações não sejam publicadas no Diário Oficial. Consequentemente, caso a 'promessa' não seja cumprida, a aliança pela reeleição também não seria selada.


O União reivindica a Secretaria de Transportes, a de Meio Ambiente (inclusive com o Instituto Estadual do Ambiente, o Inea) e duas diretorias do Departamento Estadual de Rodagem (DER).


O acordo também pode produzir muitas vantagens para a futura candidatura do governo. Com apoio do União Brasil, Castro teria dois minutos na propaganda de TV na campanha eleitoral. Além disso, contaria uma bela ajuda em forma de fundo partidário, já que o União do Rio deve receber de R$ 60 milhões a R$ 100 milhões.

0 visualização0 comentário