'O presidente não vai mudar os preços da Petrobras', diz Flávio Bolsonaro em entrevista

A garantia foi dada pelo senador Flávio Bolsonaro (PL), filho do presidente e coordenador da campanha à reeleição, em entrevista ao SBT News, nesta quarta-feira (18).


O presidente Jair Bolsonaro (PL) não vai interferir na política de preços da Petrobras, que atrela os valores dos combustíveis ao mercado internacional. A garantia foi dada pelo senador Flávio Bolsonaro (PL), filho do presidente e coordenador da campanha à reeleição, em entrevista ao SBT News, nesta quarta-feira (18).


"O presidente Bolsonaro não pode interferir na Petrobras. Isso causa instabilidade, o dólar vai lá em cima... Se fosse para fazer, ele já teria feito. A parte da solução do problema (alta dos preços) passa pela decisão do conselho (da empresa) de pegar parte do lucro para fazer o preço diminuir na bomba", sugeriu Flávio.

Sobre o impasse com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o senador defendeu que a sugestão feita pelo Ministério da Defesa seja adotada para acabar com a desconfiança no processo eleitoral.


"O TSE chamou as forças armadas, que apontaram problemas e, agora, não querem fazer? O TSE tem que tomar providências para que não haja desconfiança com as urnas eletrônicas. O tribunal tem que ter prudência e deixar a vaidade de lado. O que o Bolsonaro quer é transparência. Isso não é ser antidemocrático", afirmou Flávio.



O filho do presidente apontou ainda que o pai quer “paz” no governo, mas depende da colaboração dos ministros da Corte.


“A paz depende muito menos do Bolsonaro, depende mais de quem parece estar querendo boicotar o país e participar da eleição de uma forma direta e, em consequência, favorecendo o ex-presidiário”, disse o senador.



A seguir, veja outros trechos da entrevista do senador Flávio Bolsonaro.




47 visualizações0 comentário