Bolsonaro sobre Silveira: A punição foi um exagero

Presidente deu a declaração após passear pelo Distrito Federal, na manhã deste domingo (15/5), e visitar diversos pontos da cidade

Foto: Gustavo Moreno/Metrópoles

Via Metrópoles


Após passear em diversos pontos da capital da República, na manhã deste domingo (15/5), o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a comentar sobre o indulto ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). Ao conversar com a imprensa próximo ao Congresso Nacional, ele classificou que a punição imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF) “foi um exagero”.


“O indulto, a graça constitucional, é uma coisa pessoal do presidente. Nunca foi questionado indulto do José Dirceu, a manutenção do (italiano Cesare) Battisti no Brasil. Terroristas, bandidos, corruptos, ninguém nunca contestou. O caso do Daniel, toda a jurisprudência que foi usada, foi do próprio Supremo Tribunal Federal. Entre elas, o excesso”, pontuou Bolsonaro.


“Acho que ninguém duvida que nove anos de cadeia para aquilo é um excesso. Homicídio começa com seis anos. Errou. A punição foi um exagero”, reforçou o chefe do Executivo nacional.


As declarações foram dadas ao término do passeio por Brasília, neste domingo. Mais cedo, Bolsonaro esteve em uma banca de frutas, em frente ao Jardim Zoológico de Brasília, e, por volta das 10h40, visitou a Feira do Guará.


Logo depois, seguiu para a Feira dos Importados, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). Ele também visitou a concessionária da Harley-Davidson, na 510 Norte.


Em vídeos feitos na Feira do Guará, o mandatário do país aparece cercado pela população, em frente a uma peixaria, tirando selfies com apoiadores.


Em um dos registros, uma mulher se aproxima da aglomeração ao redor do presidente e grita: “Fora, Bolsonaro”. Em outra imagem, uma apoiadora simboliza um coração com as mãos e diz: “Eu te amo”. Diversas pessoas gritavam “mito”.


Na oportunidade, Bolsonaro também comeu pastel e tomou caldo de cana, enquanto cumprimentava a população.


Questionado pela reportagem sobre a presença na “lanchaciata”, Bolsonaro não respondeu se compareceria ao evento.


0 visualização0 comentário