Bolsonaro é ruim ou péssimo por quase metade em SP e RJ

Atualizado: 10 de abr.

Segundo Datafolha, no estado do Rio, 48% avaliam negativamente o governo federal; em São Paulo, são 49%. Margens de erro são de três e dois pontos percentuais, respectivamente.



Datafolha: Bolsonaro é avaliado como 'ruim' ou 'péssimo' por quase metade em SP e RJ


Via Portal G1


Pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste sábado (9) pelo jornal "Folha de S. Paulo" aponta que o presidente Jair Bolsonaro é avaliado como "ruim" ou "péssimo" por quase metade dos entrevistados nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro – dois dos maiores colégios eleitorais do país.

O Datafolha ouviu 1.218 pessoas no estado do Rio e outras 1.806 no estado de São Paulo entre terça (5) e quinta-feira (7). A pesquisa também mediu a intenção de voto para os governos estaduais – veja os números para São Paulo e para o Rio. O levantamento apontou as seguintes avaliações do governo Jair Bolsonaro:


Entrevistados de São Paulo

  • Ótimo ou bom: 28%

  • Regular: 23%

  • Ruim ou péssimo: 49%


Entrevistados do Rio

  • Ótimo ou bom: 27%

  • Regular: 23%

  • Ruim ou péssimo: 48%


De acordo com a pesquisa divulgada pela "Folha", a margem de erro é de 2 pontos percentuais no levantamento de São Paulo e de 3 pontos no Rio.

O levantamento apontou ainda, segundo o jornal:

  • que a avaliação de Bolsonaro é pior entre mulheres e entre os mais jovens, nos dois estados;

  • que a aprovação do presidente cai na faixa com maior escolaridade;

  • que, ao mesmo tempo, a avaliação de Bolsonaro é melhor nas faixas com renda mais elevada;

  • que a taxa de avaliações positivas (ótimo/bom) é maior entre evangélicos, se comparada ao resultado geral.

20 visualizações0 comentário