Datena: "Moro não é o Batman. Ele é o Coringa"

O apresentador José Luiz Datena disse também que faz questão de enfrentar o ex-juiz nas urnas para "dar uma surra" nele

Foto: Reprodução/Internet

Via Metrópoles


O apresentador José Luiz Datena (PSC-SP), pré-candidato ao Senado Federal, ironizou, na terça-feira (19/4), uma publicação do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro (União-SP), em que se fantasiou de super-héroi. Moro respondeu o jornalista, que replicou nesta quarta-feira (20/4) e disse ainda que “faz questão de dar uma surra” nele nas urnas.


“Quando o Coringa responde ao Batman, o Batman não pode ficar na Batcaverna. Eu acho que o Moro é o Coringa da política brasileira, do cenário brasileiro”, opinou Datena no programa Manhã Bandeirantes, da Rádio Bandeirantes.

Segundo o comunicador, Moro permitiu, nas palavras dele, “que pessoas nefastas da política brasileira tivessem sua inocência assegurada, quando ele faz um julgamento viciado do ex-presidente Lula, com todos os erros que pode haver em um julgamento, quando ele conversa com os procuradores de Curitiba. Ele foi péssimo”.


“Se você quiser sair candidato ao Senado por São Paulo, eu faço questão de sair (como candidato) para lhe dar uma surra em você nas urnas e tirar essa sua máscara”, acrescentou, referindo-se a Moro.

Contudo, a troca de farpas começou na terça-feira durante o programa Brasil Urgente, da Band. “Moro, para mim não é o Batman. Ele é o Coringa. Ele desarmou a Lava Jato quando fez um julgamento viciado de Lula. As palavras não são minhas, são do Supremo Tribunal Federal”, declarou.


“Depois desse julgamento viciado, ele aceitou um cargo do [Jair] Bolsonaro para ser ministro da Justiça, o mesmo Bolsonaro que foi beneficiado pela condenação do Lula. Pouco depois, saiu do governo traindo [Bolsonaro] e aceitou um cargo em uma empresa americana [Alvarez & Marsal] para defender os bandidos que tinha colocado na cadeia. Moro é uma sequência de contrassensos”, acrescentou.

Resposta de Moro


O ex-juiz respondeu às críticas do apresentador sobre sua fantasia no Twitter. Ele afirmou que combateu “a corrupção e o crime organizado como ninguém fez nesse país” e disse que Datena “vive em uma bolha de vidro”.


Datena foi vaiado, na semana passada, por apoiadores de Bolsonaro em evento em que esteve ao lado do ex-ministro Tarcísio de Freitas, pré-candidato ao governo de São Paulo pelo Republicanos e apoiado pelo presidente.


O apresentador também criticou o presidente nacional do União Brasil, deputado Luciano Bivar (PE), pré-candidato à Presidência da República, sem citar o nome dele por ter supostamente mentido sobre a filiação de Moro ao partido.


“E o cara que levou você sem me avisar é um sujeito sem palavra e que não merece a mínima consideração. Que quando perguntei se tinham filiado você, me disse que não, foi mentiroso. Mentiroso. Depois de muita pressão e notícias de jornais, falou a verdade. Ele negou seu nome no mínimo três vezes para mim. Ficou com vergonha de dizer que tinha filiado você”, disse.

0 visualização0 comentário